Publicado em Comportamento, Desabafos

A obrigação de sempre estar linda

large (10)

Se tem uma coisa que eu odeio é ser obrigada a fazer qualquer tipo de coisa que eu não esteja afim. Como diz a minha mãe, sou a rebeldia em pessoa, mas eu sou mesmo. Eu odeio me sentir na obrigação de fazer algo, inclusive se for pra agradar alguém, inclusive as vistas de alguém.

Comecei a utilizar meu cabelo estilo joãozinho em 2015 e desde então não parei mais, por razões de: Eu me acho incrível assim e fora a praticidade. Mas desde que eu utilizei meu cabelo assim, eu comecei a ser obrigada a estar sempre linda e parecendo uma mulher???????????

Até porque na concepção das pessoas, pelo simples fato de meu cabelo ser curto, eu automaticamente pareço um menininho……………………

O que me levou a fazer este post foi a indignação que eu tive com uma tia minha, em plenas 8h da manhã de um domingo veio reclamar do meu cabelo que ele estava FEIO. Que tipo de pessoa 8h da manhã de um domingo, pós-piscina no dia anterior, iria estar com o cabelo impecável? Só se a pessoa tiver um cabelo bem liso, contrário do meu que é bem crespo. Mas está não é a primeira vez que ela questiona minha beleza ou meu cabelo, ela sempre questiona isso. E eu imagino que muitos de vocês devem ter um parente inconveniente assim e isso me fez fazer um desabafo até pra ajudar vocês.

Primeiramente, vocês não tem obrigação de estar arrumada todos os dias, porque linda vocês já são. 

Se afaste de parentes assim, evite contato, é sempre bom… Principalmente se você for pavio curto. Porque quando um parente seu abre a boca pra falar que você tá desarrumado ou seu cabelo tá feio, você tá gorda e etc… Ninguém FALA NADA PRA REPREENDER A PESSOA, mas no dia que você se invocar e disser umas coisas, todo mundo vai se rebelar pra REPREENDER VOCÊ. Sendo que você simplesmente já atingiu o seu limite de paciência com aquela pessoa.

Nunca se esqueçam que somos todos maravilhosos, lindas e cheia de alegria por dentro. Independente das cobranças estéticas que nossos familiares e a sociedade se achem no direito de nos impor, não abaixem a cabeça. Se quer sair arrumada saia, se não quer se arrumar, saia também. Você não nasceu pra agradar parentes, amigos e etc… Você simplesmente nasceu pra ser feliz.

Não caiam nesses comentários estúpidos de familiares que só fazem deixar a gente pra baixo. Confiem em si, acima de tudo. Mostre a diferença que você é naquela meio, se eles não te aceitam como você é, azar deles.

Publicado em Crônicas, Desabafos

Fechada para o amor

sadgirl

Outro dia eu me questionei do porque eu peguei a chave do amor e joguei ela bem longe, a ponto de ninguém conseguir encontrá-la pra poder abrir meu coração e conseguir despertar o amor em mim. Só então eu me dei conta de que só eu sei aonde existe esta chave e só eu posso conseguir abri-la para que alguém consiga despertar o amor dentro de mim.

Não estou fechada para o amor, mas é o que parece. Eu na verdade, estou fechada para futuras decepções amorosas, pois quando eu tentei abrir meu coração da última vez não deu muito. Na verdade eu não fui correspondida o quanto eu achei que seria. Acabou sendo meio conturbador. Inclusive pra mim, que havia dito que não ia mais querer namorar com ninguém.

Eu já quebrei muito a cara, pense em uma pessoa que já quebrou muito a cara? Então, eu também. Eu vivo quebrando a cara quando o quesito é relacionamento e é por razões que muitas vezes nem eu sei explicar, mas sei que muitas vezes eu sou a culpada. O mais engraçado é que nem eu consigo realmente entender o porque as coisas acontecem. E para não me decepcionar ou terminar de estragar tudo, eu acabo simplesmente me fechando e perdendo a chance de amar e ser amada.

Mas é tudo meio contraditório… Eu simplesmente adoro evitar as coisas, então eu simplesmente me acomodo. Assim como neste exato momento da minha vida, eu prefiro ficar sozinha do que entrar em um relacionamento e me decepcionar. O pior é que eu esqueço do que eu sempre digo a respeito de seguir em frente e poder dar uma chance. Pelo menos tentar, se não der certo pelo menos tentou e rendeu uma história.

E se… Eu me abrisse para o amor novamente? Como seria? Talvez a minha história fosse diferente, talvez eu simplesmente perca todas as paranoias existentes da minha cabeça ou eu descobrisse que nem tudo o que é parece.

Talvez eu devesse pegar essa chave e eu mesma abrir meu coração, deixar as portas dele abertas pra quem quiser entrar e conhecer ele, e me conhecer também. Eu simplesmente deveria tentar de novo como nas últimas vezes, talvez dessa vez eu realmente acertasse na visita… Vai que a visita dessa vez resolve juntar os trapinhos e morar aqui?

 

Publicado em Desabafos

Algo sobre vácuos…

large-12

Uma das certezas que eu tenho a respeito de vácuos é que todo mundo odeia tomar vácuo, principalmente de uma pessoa qual você está gostando, não existe nada pior. Mas muitas vezes julgamos aquela pessoa que nos dá vácuo, mas quando abrindo o whatsapp ou o messenger, nós nos damos conta da quantidade de vácuos que já demos. Vácuo dói e muito.

Eu, sinceramente falando não suporto e inclusive tenho trauma. Pois uma vez o meu primeiro namorado me deu um vácuo de dois dias. Foi triste e a retardada aqui chorou muito  e se sentiu culpada.

Gente não tem nada pior do que você tomar vácuo. Mas sinceramente falando o vácuo termina sendo maneira de dar um gelo naquela pessoa que você não tá afim mas não tem coragem de dizer, prefere ignorar do que mandar a real dizendo “Olha cara, eu não quero nada sério com você”. Isso é foda.

Mas o pior vácuo que existe na face da terra, é o vácuo de quem você está flertando. Porque você não sabe se a pessoa tá te achando um incomodo ou se a pessoa realmente não está afim de responder. Você cria um milhão de paranoias na sua cabeça a respeito de tudo.

Se você estiver na fase de ficar com alguém, por favor, não dê vácuos. Dói.

Outra coisa absurda a respeito de vácuos é quando você faz uma pergunta muito importante pra uma pessoa e ela simplesmente não responde. Quando você vai ver, a pessoa já tinha visualizado, tava online e podia simplesmente responder. Pior de tudo é a cara de pau da pessoa de chegar depois e dizer “Esqueci de te responder, foi mal”

Não seja essa pessoa.

Um vácuo que me irrita é quando você combina de sair com a pessoa, manda mensagem, telefona, escreve até no céu: Que horas a gente vai? A pessoa simplesmente demora de responder, e só responde já em cima da hora, daí tu tem que se arrumar as pressas, chega tarde e ainda dizem que tu tá atrasada. Gente, isso é um saco.

Se você for assim, não chame uma pessoa pra sair. 

Por favor, não demorem de responder alguém. Se não quiser responder e nem conversar, simplesmente diz: Hoje eu não estou em um bom dia. Mas não deem vácuo não. Vocês não tem noção nas paranoias que o ser humano é capaz de criar quando se trata de vácuo. Se passam mil coisas na mente de uma pessoa, isso meche até com a auto-estima da pessoa, pasmem. Apesar de que, é foda tratar alguém da maneira qual a gente nunca quer ser tratado.

Ser sincero é sempre bom.

E o mais importante… Talvez a pessoa não esteja tão afim de você o quanto você acha. As vezes a pessoa simplesmente não quer conversar ou te deixou ali na geladeira. Aceite e bola pra frente.  Em quanto alguém te dá um vácuo, tem outra pessoa do outro lado esperando ansiosamente uma mensagem sua, e acredite, os olhos dela brilham. Não se humilhem, valorizem-se!

Publicado em Comportamento, Desabafos

O que você quer ser?

large-3

Acho que eu cheguei na síndrome dos 20 e poucos anos, estou em uma fase qual eu estou me sentindo absurdamente perdida na minha vida. Cheguei ao meu “último” semestre na faculdade e eu estou querendo saber pra que lado eu vou na minha vida.

Eu amo escrever, eu adoraria ser uma escritora, ajudar as pessoas através de conselhos meus, experiencias e entre outras coisas, mas é complicado conseguir lançar um livro e eu não sou uma blogueira super hiper mega ultra power famosona, popstar, rainha da net pra lançar um livro.

Eu resolvi escrever este texto exatamente para me questionar, o que eu quero ser? E eu continuo com a mesma dúvida na cabeça, eu não sei o que eu quero da minha vida profissional. Mas eu quero muito poder ajudar as pessoas. Trabalhar em uma ONG, virar professora de adolescentes, ajudar pessoas necessitadas, eu dou muito pra isso, sou coração mole pra pessoas que precisam de ajuda.

Estou me formando no curso de design de interiores, a minha paixão. Na verdade eu amo decorar mesmo no the sims, olhem… Eu nasci mesmo é pra jogar Dota sabe? Ser campeã do The International. Verdades a parte, vou tomar meu choque de realidade. Eu sinceramente falando estou me sentindo absurdamente perdida. Talvez seja frustração com a profissão qual eu dediquei anos e a desmotivação ocasionada pelo meu tcc.

Eu estou aqui de boas, sentada no sofá e pensando, o que eu quero pro meu futuro? O que eu vou realmente ser daqui a alguns anos? Eu me encontro em estado de choque e sem saber o que fazer. Porque cá entre nós, eu nunca tive aquele sonho profissional que todos tem, eu simplesmente não tive, só sei dizer que eu amo muito artes e decoração.

Eu sei que é complicado de inicio as pessoas aceitarem nossas escolhas profissionais, mas o importante mesmo é não desistir. Sempre façam aquilo que vocês gostam muito e não se imaginam fazendo outra coisa além disso. Junte seus talentos, busquem mais conhecimentos acerca e melhorem essas habilidades. O que importa é ser sempre quem você é.

Olhem… Se vocês trabalharem e fizerem aquilo que vocês amam, vocês irão ser maravilhosos profissionais e jamais irão se frustar com a vida. Vocês irão aprender a trabalhar com amor, vocês irão se dedicar e são capazes até de irem mais além do que imaginavam ser.

Nunca deixem de ser quem vocês são, e sejam sempre tudo aquilo que vocês querem ser. Não desistam dos seus sonhos por nada e nem por ninguém.

A minha psicóloga me recomendou fazer o que eu gosto, foi ai que eu resolvi me jogar de cabeça novamente aqui no blog, porque eu simplesmente amo escrever e passar algo pra vocês e eu tenho conseguido e muito.

O que vocês querem ser?

 

Publicado em Comportamento, Desabafos, Música

Saudades do tempo…

large-6

“Dos velhos momentos, dos anos passados que foram com o vento. Sorrisos, lembranças, belos sentimentos de transformações e de renascimentos.”

Há um tempo atrás, eu estava escutando umas músicas aleatórias no youtube, até que eu conheci uma música chamada: Saudades do tempo, do grupo Maneva e desde então sempre que eu ouço essa música me vem uma nostalgia inexplicável, até pelo fato da letra da música ser maravilhosamente linda e passa uma mensagem inexplicável. Mas hoje quando eu ouvi essa música, eu senti uma inspiração absurda pra poder escrever algo…

Eu sou uma pessoa muito nostálgica e se der asas ao meu pensamento, eu vou lembrar de coisas bem antigas e de épocas maravilhosas na minha vida. Na verdade, esta música me lembra momentos maravilhosos da minha vida e também me lembra de momentos que eu imaginei viver mas eu nunca vivi.

Quanto mais velho a gente vai ficando, mais nostálgico a gente fica, porque a gente percebe e sente que o tempo tá passando. Que você já não é mais tão jovem quanto pensa. Muitas vezes eu fico me questionando o quanto eu não aproveitei a minha vida, sentada na frente de um computador, eu não tive muitas aventuras quando adolescente, mas desde que entrei realmente na fase adulta, eu venho tendo muitas. Me sinto adolescente, coisa que eu nem mais sou.

Mas não posso reclamar da minha adolescência, ela foi maravilhosa de um jeito tosco, mas foi uma fase maravilhosa da minha vida. E era uma fase que eu achei que nunca iria passar, mas veja só… Passou e mês que vem eu completo 22 anos.

O tempo ultimamente tem passado muito rápido, me dei conta disso também quando eu fui na formatura do ensino fundamental I da minha prima, nossa há 10 anos atrás era eu saindo do fundamental I e indo pro II e agora é a minha prima que nem sonhava em nascer.

Me bateu uma coisa no coração que eu sinceramente fiquei emocionada e engoli o choro, porque naquele exato momento eu me dei conta do quanto eu tinha crescido, de tantas coisas que eu tinha passado depois dali. Me deu uma saudade do pessoal da escolinha, daquela época e da felicidade de estar indo pro 6° ano, que nossa… O tempo passou, e passou sem eu “sentir”.

Atualmente eu tenho 21 anos, estou escrevendo aqui, eu criei aqui, eu tinha uns 16 pra 17 anos, o Just M maybe tem anos, e eu até hoje não acredito no tanto de leitoras que tem aqui, a quantidade absurda de e-mails que eu recebo com pedidos de ajuda, conselhos e luz na vida. A página tem mais 300 curtidas, o site já tem quase 500 mil visualizações no total e olha eu aqui…

Eu criei esse site querendo expressar sentimentos meus para as pessoas e eu continuo passando. O blog pode não ser famoso, mas eu já ajudei muita gente que nossa… Conheci pessoas maravilhosas, mas eu sou muito feliz escrevendo aqui. Eu era feliz até quando tinha 15 curtidas na page e nenhum comentário.

Eu amadureci tanto de todo aquele tempo que criei o site pra cá, até no quesito escrita e vocabulário. No quesito aparência, personalidade, no quesito tudo

Gente, o tempo tá passando rapidamente. Talvez seja por causa da volta de Cristo, isto é bíblico. Não estou aqui pra pregar nada pra ninguém, apenas comentei mesmo. Mas nossa, eu vou fazer 22 anos mês que vem, estou prestes a concluir a faculdade, daqui a uns tempos talvez eu esteja falando que irei casar, ou que estou grávida e compartilhando tudo com vocês. Eu não sei o que será noticia nos próximos anos.

Ignorei a vida adulta por bastante tempo, porque eu acreditava que não era legal, mas eu descobri mil maravilhosas sobre ser adulta, mas não deixo de sentir saudades de vários tempos da minha vida. Mas cheguei a conclusão que não adianta eu ficar lamentando e sentindo saudades do tempo, eu tenho que curtir e aproveitar este meu tempo, porque daqui há alguns anos eu vou sentir saudades desse tempo.

A gente tem é que ser feliz, viajar, curtir, aproveitar, namorar, amar, beijar, comer, e fazer tudo o que quisermos no nosso tempo, agora, hoje e amanhã. A gente pode sentir saudades, mas a gente pode fazer dias inesquecíveis atualmente. Como diz um trecho da música maravilhosa de forfun “Tudo, vai virar passado no futuro”. Comecei com maneva e terminei com forfun. Mas aproveitem muito a vida de vocês, todos os dias, sem ter medo, sem pensar no passado. Guarde as lembranças boas e faça novas lembranças na vida de vocês.

Vale muitíssimo a pena ouvir a música, caso não conheçam =)

 

Publicado em Comportamento, Crônicas, Desabafos, Dicas

Eu nunca vou conseguir um emprego

large-5

 Hoje mais cedo eu e uma amiga resolvemos sair pra poder tomar sorvete, até que ela comentou comigo que estava desempregada e não aguentava mais continuar naquela situação até pela sua idade. Me contou que se sentia muito mal por não poder colaborar nas despesas diárias, aquilo me cortou o coração. E eu me lembrei da situação atual do país aonde existem diversas pessoas tais como a minha amiga, sofrendo em algum lugar. Espero que leiam tudo o que eu vou dizer a seguir.

Minha amiga ama cabelo colorido, e é que nem eu, não sabe se vestir muito bem, na verdade, ela se veste do jeito dela, só que de uma forma mais geek, convenhamos. Ela me contou que já foi chamada pra diversas entrevistas de emprego, e não passou em nenhuma, fora os currículos que ela manda e nem recebe um sinal de alerta. Ainda me contou que o único emprego que conseguiu na vida foi graças a uma amiga. Ela me contou que atualmente está com a paranoia de que nunca vai arranjar um emprego, por não ter um perfil adequado para trabalhar em uma empresa.

Acredito que os locais qual ela procura emprego que não tem perfil pra aceitá-la. Mas sei que isso é a realidade de muitos jovens, e por um tempo foi a minha realidade. Eu realmente passei longos meses da minha vida acreditando que eu nunca iria encontrar um emprego por não ter perfil suficiente e nem capacidade. Mas depois eu passei a valorizar a pessoa qual eu era… Me especializei, fiz cursos, me dediquei mais aos estudos e pronto. Eu agora consegui trabalhar na minha área, depois de muito, mais muito suor e lágrimas mesmo.

Confesso que o tempo que eu fiquei sem trabalhar, eu lembrei em soltar minha criatividade pra ganhar uma grana extra, tais como: Eu vendia bolos de pote, compotas, brigadeiro e truffas, pra poder ter o meu próprio dinheiro. Eu lembro-me quando eu vi um outdoor escrito: Em tempos de crise, crie. Aquilo me motivou e me inspirou super. Já que não tem emprego, eu vou fazer o meu “próprio”.

Estimulei ela a escrever, gravar vídeos e até vender coisas. Gente, vocês não tem ideia o quanto o comércio no quesito alimentação dá dinheiro. Mesmo com a crise, o setor de restaurante talvez tenha sido o que menos sofreu com a queda, até porque ninguém deixa de comer né?

Queria deixar esse recadinho para vocês, em tempos de crise, crie. Se você não foi aceito em uma empresa, bola pra frente que logo logo tem algo melhor pra vocês e outra coisa… Tudo bem que é absolutamente importante sermos sempre nós mesmos, mas muitas vezes devemos deixar de lado algumas coisas da gente, pra poder “agradar” um pessoal do RH. Usar maquiagem, arrumar o cabelo ou usar uma roupa “formal” não vai fazer você deixar de ser quem é… É apenas um jeito de se adaptar. Até porque um ambiente de trabalho é um local que requer mudanças. Aquela famosa frase “dance conforme a música”, e acredite vocês conseguem.

Aproveitem o tempo desempregando, fazendo cursos online, aperfeiçoando, estudando, pois o mercado de trabalho requer muita, mais muita competência mesmo. E não fiquem grilados com empresas que exigem experiencia, volta e meia aparece sempre oportunidades para trainee(pessoas recém-formadas ou prestes a formar), estágios, jovem aprendiz e entre outras modalidades que requer pessoas sem experiencia.

Vocês assim como a Isabella vão conseguir um emprego sim, não desistam, acreditem sempre em vocês mesmo. O melhor está por vir, não fiquem tristes com isso, vocês são absurdamente capazes de tudo.