Publicado em Dicas, Leitura

Diário de um banana: Casa dos horrores

Eu sou apaixonada pela coleção diário de um banana, não só pelos livros e também pelos filmes. Recentemente foi lançado do 3° filme e eu estou ansiosa para assistir. Os livros, só faltava este para eu dizer que li todos. Não me arrependi, pois o livro tá super legal e muito engraçado.

Sinopse: Em sua sexta aventura, Greg Heffley passará por grandes apuros. As coisas para ele vão de mal a pior, tanto na escola como em sua casa. Greg será suspeito de vandalismo e se tornará um suposto foragido da polícia. Além disso, uma forte tempestade de neve faz com que ele e sua família fiquem presos em casa. Em pouco tempo, o seu lar doce lar se transformará em uma verdadeira Casa dos horrores. Divirta-se com as novas confusões de Greg, ele nunca esteve tão Banana!

Eu fiquei encantada pelo livro. Eu nunca havia dado tanta risada lendo o livro diário de um banana como eu dei lendo este volume. A parte que eu mais gostei do livro, foi na hora em que ele achou as coxinhas que a moça vendia na época da feira escolar, no supermercado.

Tem uma parte super bacana também, que é na hora em que ele e o Rowley decidem criar o próprio jornal deles, pois o jornal do bairro não queria publicar a feira que eles iriam fazer. Greg neste livro, está disposto a querer ganhar dinheiro a qualquer custo, para poder comprar objetos para o jogo qual ele está viciado na internet. Ele tenta de todas as maneiras, tirar a neve da casa do vizinho e por ai vai. Ele quis fazer uma feira para poder arrecadar fundos e comprar várias coisas.

O livro também fala das expectativas dele para o natal, o presente qual ele quer ganhar e o que ganha na maioria das vezes. Eu também achei super engraçado, na hora que ele invade o computador da mãe, para mandar e-mails para a família perguntando qual presente ele iria ganhar e tudo isto se fingindo ser a mãe. Foi tão o engraçado o e-mail que eu fiquei rindo.

O livro também mostra, quando o Many estava prestes a nascer, a mãe dele comprou um boneco para ele, para que ele aprendesse como cuidar do irmão mais novo, ele no inicio não gostou, mas depois passou a gostar da ideia. Mas a sinopse começa a ser realmente cumprida, na hora em que a parede fica com a mancha de tinta do cartaz verde cana. O diretor acha que a parede foi pichada e o Greg fica morrendo de medo. O bilhete que o Rowley manda pro diretor é super engraçado.

Se eu ficar fazendo um resumo, eu vou acabar contando o livro inteiro. Recomendo que vocês leiam, promete muitas risadas este livros e vocês vão viajar junto com o Greg nesta confusão qual ele se meteu. O livro está ótimo.

Pensem em uma pessoa na livraria, sentada e rindo horrores lendo um livro? Pensou? Eu estava assim hoje, me acabando de rir com o livro Diário de um banana casa dos horrores. Leiam o livro, vale muito a pena cada centavo !!

Livro: Diário de um banana: Casa dos horrores

Páginas: 218

Editora: Vergara & Riba

Autor:  Jeff Kinney

Onde comprar:

Livraria Cultura

Saraiva

Site da editora

Extra

Ponto Frio

Travessa

Siciliano

Ps: O preço varia de acordo com o local qual você for comprar, em algumas lojas estão mais baratas, mas em outras apesar de caras tem desconto no qual fica praticamente o mesmo valor de uma loja que vende mais barato ou menos.

Beijo e boa leitura !

Anúncios
Publicado em Crônicas, Desabafos, Leitura

A minha prateleira é praticamente vazia

Quantos livros eu já li, quantos livros eu tenho vontade de ler e de comprar. Por mais estranho que isto possa parecer,eu tenho poucos livros, posso contar nos dedos e talvez até sobre. Mas eu já li muito mais do que os livros que estão na minha prateleira vazia.

Vejo fotos o tempo todo de prateleiras, todas elas cheias de livros e sinto uma certa inveja. Uma certa inveja por não ter uma prateleira assim e nem tantos livros para ler. Uma certa inveja em poder dizer que tenho muitos livros, leio muitos livros e não preciso filar aula para isto.

Talvez eu possa culpar a minha família por não ter livros. Pois eles preferem me dar roupas do que livros, qualquer coisa menos livros. Minha sorte é que tenho a minha mãe, que com o pouco que ganha pode me dar livros e dinheiro para ir a livraria ler. A minha vó é tão enrolada, que se ela me desse cada livro que eu pedi a ela, ia faltar espaço em uma estante enorme.

O que mais me dói, é saber que tem jovens com condições de vida melhores que a minha e não aproveitam esta chance. Enquanto eu, tenho que ir para uma biblioteca, livraria ou esperar um milagre para receber um livros, eles apenas tem um cartão ou grana suficiente para comprar uma coleção inteira.

A minha prateleira está praticamente vazia, mas a minha mente está cheia de histórias. Eu sonho que um dia eu terei a prateleira e a estante dos meus sonhos. Repleta de livros de todos os gêneros, pra quando me der aquela vontade de reler eles, eu sentar no meu sofá e só sai dali quando eu terminar.

Publicado em Dicas, Leitura

Turma da Mônica Jovem em: O casamento do século

Aposto que vocês leram o título, imaginando o carinha que fala isto nos dvd’s da turma da Mônica. Amo ficar imitando a vozinha dele, quando ele fala o próximo capitulo.Mas não vamos dele e sim do casamento da Mônica.

F-i-n-a-l-m-e-n-t-e a Mônica e o Cebola se casaram. Nossa a história é tão fofa, que eu fiquei triste quando terminei de ler o Mangá. Eu não acompanho muito a turma da Mônica Jovem não, mas eu tinha que comprar esta edição. Não sei se vocês sabem, mas me chamo Mônica. Nada mais justo do que ver meu próprio casamento. Se bem que esse cebola me lembrou uma pessoa…

Na história, dois anjos, pegam uma especie de notebook do amor. A Mônica e o Cebolinha, estão brigando no parque e os anjinhos começam a se lembrar de quando lançaram a flecha na Mônica e no Cebolinha. Mas eles ficam curiosos para poder saber como vai ser futuro deles dois, dai eles através do notebook que dá pra ver o futuro, veem o futuro do casal. Eles começam a contar a história, do pedido de casamento, das brigas, reconciliações, momentos lindos e emocionantes. É realmente linda a história. Apesar de ter poucas páginas, mas é porque ainda tem muita coisa pra se ver a frente. Os quadrinhos nos ensinam até uma linda história de amor.

Eu achei super legal a maneira que o casamento deles foi contado. É um Mangá realmente muito engraçado e romântico. Dá vontade de ler toda hora. Além de tudo, vem um lindo poster deles dois. Eu estava querendo comprar este mangá, há tanto tempo e só hoje comprei. Li rapidinho e amei. Eu aprendi a ler cedo, graças aos gibi’s da turma da Mônica. Aprendi a ler sozinha e é um dos meus quadrinhos favoritos.

Quando eu lia as revistinhas da turma da Mônica, quando eu era pequena, nunca imaginei que eles fossem se casar um dia. Na verdade eu me surpreendi com o mangá do casamento. Eles se mostram tão apaixonados, é uma coisa linda e surreal. Vale muito apena ler o Mangá, está lindo e vocês vão amar a história. Eu queria ter palavras pra poder conseguir resumir melhor, mas só lendo mesmo para vocês entenderem.

Nome: Turma da Mônica Jovem – O casamento do século

Valor: R$7,50

Onde comprar: Qualquer banca de revista, supermercado ou livrarias.

Beijão e boa leitura !

Publicado em Crônicas, Leitura, Meu dia

Visitando a biblioteca

Mais um dos meus vários dias sem ter vontade de ir ao curso/escola. Mas eu não iria filar aula como em todas as vezes anteriores que eu filei, desta vez seria bem diferente e mais produtivo. Shopping? Não, eu fui a biblioteca da minha cidade.

Podem me chamar de nerd ou o que seja, mas eu não me arrependo em deixar de ir a um shopping para ir a uma biblioteca tão maravilhosa quanto aquela. Moro há 17 anos aqui, nunca tinha conhecido a primeira biblioteca da America latina e ela fica em minha cidade. Que tipo de pessoa eu sou? Que diz que ama ler, mas não frequenta uma biblioteca. Claro, que tempo para ir a biblioteca varia da rotina na vida de cada um, nem todo mundo tem tempo livro. Eu por exemplo tenho, mas não posso sair sempre, pois sou de menor e minha mãe não deixa. Chatice não? Só me resta então filar aula para ir ler meu livro favorito, mas isto não vem ao caso.

Cheguei na biblioteca, era 10:40 e eu fiquei maravilhada o quão enorme ela era. Eu já tinha visitado outras bibliotecas, mas foi a minha primeira vez naquela. Eu fiquei parecendo uma criança quando vai a um parque de diversão. Confesso que eu estava totalmente perdida e sem saber como era os procedimentos. Os funcionários da biblioteca ficaram felizes ao me ver, na verdade, ele gostam de movimento e isto é bom.

Comecei a ler o livro, O Alquimista, de Paulo Coelho e amei. Ainda não terminei de lê-lo. Enquanto eu estava lendo, percebi que a biblioteca era bastante vazia. Tinha apenas 5 pessoas, ali só fica “cheia” nos fins de semana e olhe lá. Comecei a notar que pouca gente tem interesse de frequentar uma biblioteca. Acho a biblioteca um local tão mágico, cheio de vida e que em cada livro tem algo pra ser descoberto na sua imaginação.

Infelizmente pouca gente tem este costume de visitar bibliotecas. Preferem livrarias lotadas e barulhentas do que a calmaria e o cheiro de livros antigos. Esquecem do prazer de ir a uma biblioteca, ler clássicos e ter concentração suficiente para deixar a imaginação voar. As pessoas esquecem até que bibliotecas existem, algumas não devem pisar em uma biblioteca há bastante tempo e outras nem devem se lembrar. É muito legal ir a biblioteca, confesso. Visitem uma biblioteca na sua cidade, você não vai se arrepender e certamente irá querer voltar sempre.

Beijão !

Publicado em Leitura

O diário de Bridget Jones

Um livro engraçado do inicio ao fim e uma personagem que nos motiva a cada página que lemos. A Bridiget é uma moça de alta sociedade, bem mulherona mesmo sabe? Que encara várias dificuldades, ela quer parar de fumar, beber, perder alguns kg e conseguir um namorado. É uma aventura atrás da outra. Tem página do diário dela que parece até que já aconteceu com a gente.

Apesar de adulta a Bridget se mete em várias confusões e conflitos. A cada mês (capitulo) a gente se surpreende coma s doideiras que acontece na vida dela. Eu sou uma pessoa que particularmente é muito curiosa e ama livros que envolvem diário, mas eu ler o diário de Bridget Jones me senti no mundo das mulheres. Adolescentes ao leem este livro vai ver o que realmente uma mulher de verdade passa e percebemos algumas inseguranças dela não é coisa de adolescente e de mulher também. Ao decorrer do livro a gente se diverte com as encrencas e o palavreado das Bridget, ela é muito sincera e tímida ao mesmo tempo. É um universo totalmente diferente do que eu estava acostumada a frequentar. Confesso que nunca fui muito de gostar de livros “para mulheres”, mas o diário de Bridget mudou está concepção minha.

É um livro muito bom e a cada capitulo que a gente lê aprendemos algo em nossa vida.  Apesar de o livro ser meio grandinho, é muito fácil e simples de ler. A Bridget é muita sarcástica e detalhista. O livro é um encanto, só lendo mesmo pra saber. Vocês concerteza irão amar entrar no mundo da Bridget e quem sabe no futuro querer ser uma mulher igual a ela.

Existe também o filme também, O diário de Bridget Jones, mas ainda não tive a oportunidade de assistir. Já o vi passando várias vezes no canal fechado, mas meu pacote não pega o canal 😦

Vocês encontram o livro nas seguintes livrarias:

Saraiva

Submarino

Travessa

ps: É sempre bom pesquisar bem nas livrarias antes de comprar o livro, pois você pode encontrar em um preço mais acessível.

Boa leitura, beijos !

Publicado em Dicas, Leitura

O preço de uma lição

Nunca pensei que um livro de romance, iria mudar totalmente a minha forma de pensar e ver o amor. É como se eu me apaixonasse a cada página que eu lia e queria sentir a paixão dentro de mim. Quando eu o li, eu descobri o amor e o significado dele.

Sempre soube que garotos são capazes de amar, mas eu nunca acompanhei esta história de perto. Eu ficava imaginando mil coisas a cada página que eu lia. Ficava tentando criar estes personagens, saber como eles viviam e como era o personagem principal. O livro pra mim é tão real, que eu não consigo acreditar que ele é uma ficção. Simplesmente é um livro muito mais muito bem feito. Os autores do livros, são jovens e o livro parece um romance daqueles muito bem feitos.

O livro fala sobre as paixões do personagens, apesar de ele não levar nem todas as namoradas a sério, mas teve uma em que foi amor a primeira vista. Ele mostrou o que muitas garotas/mulheres duvidavam, que os homens são capazes de amar e de falar loucuras quando estão apaixonados. Cada capitulo, conta uma época e alguns romances que ele viveu. Mas os capítulos mais destacados foi do romance dele com a Juliana. Acho que até um cego enxerga, o quão apaixonado ele é pela Juliana. Pense em um garoto que saia de sua cidade todo fim de semana para poder ver a sua amada? Pensou? É assim o personagem do livro. As loucuras que ele fazia por ele, os depoimentos que ele mandava para ela, cartas e tudo de mais lindo, ele fazia por ela. O livro conta histórias lindas de amor, coisas sobre o amor e como uma pessoa que ama de verdade fica. Histórias super legais de amizade também era bastante comum no livro. Este livro mostrou a importância dos amigos e que eles são capazes de entender você mesmo que fiquem anos longe de você.Em alguns trechos eu me deparava e pensava o quanto eu já fui insensível em relação amor. Ele sabia descrever muito bem o que ele sentia e transmitir isso para quem está lendo o livro. Não é aqueles romances melosos não, é um romance muito lindo e bem feito. Eu até hoje continuo achando que esta história é real, pois não é possível que seja apenas uma ficção.

Li, o preço de uma lição neste feriadão. Havia comprado o livro no mês anterior e não tive tempo de lê-lo. Toda noite, antes de dormir eu ficava lendo o livro e me apaixonando. Já fui dormir tarde várias vezes, pois estava ocupada demais me importando demais com a história que se passa no livro. Eu estava louca para saber no que iria dar e então passei praticamente um dia inteiro, lendo ele só para concluir e eu digo, valeu a pena.

Book trailer:

O livro você pode encontrar nas seguintes livrarias:

Saraiva

Livraria cultura

Site do livro

Boa leitura !