Publicado em Comportamento, Desabafos

O que você quer ser?

large-3

Acho que eu cheguei na síndrome dos 20 e poucos anos, estou em uma fase qual eu estou me sentindo absurdamente perdida na minha vida. Cheguei ao meu “último” semestre na faculdade e eu estou querendo saber pra que lado eu vou na minha vida.

Eu amo escrever, eu adoraria ser uma escritora, ajudar as pessoas através de conselhos meus, experiencias e entre outras coisas, mas é complicado conseguir lançar um livro e eu não sou uma blogueira super hiper mega ultra power famosona, popstar, rainha da net pra lançar um livro.

Eu resolvi escrever este texto exatamente para me questionar, o que eu quero ser? E eu continuo com a mesma dúvida na cabeça, eu não sei o que eu quero da minha vida profissional. Mas eu quero muito poder ajudar as pessoas. Trabalhar em uma ONG, virar professora de adolescentes, ajudar pessoas necessitadas, eu dou muito pra isso, sou coração mole pra pessoas que precisam de ajuda.

Estou me formando no curso de design de interiores, a minha paixão. Na verdade eu amo decorar mesmo no the sims, olhem… Eu nasci mesmo é pra jogar Dota sabe? Ser campeã do The International. Verdades a parte, vou tomar meu choque de realidade. Eu sinceramente falando estou me sentindo absurdamente perdida. Talvez seja frustração com a profissão qual eu dediquei anos e a desmotivação ocasionada pelo meu tcc.

Eu estou aqui de boas, sentada no sofá e pensando, o que eu quero pro meu futuro? O que eu vou realmente ser daqui a alguns anos? Eu me encontro em estado de choque e sem saber o que fazer. Porque cá entre nós, eu nunca tive aquele sonho profissional que todos tem, eu simplesmente não tive, só sei dizer que eu amo muito artes e decoração.

Eu sei que é complicado de inicio as pessoas aceitarem nossas escolhas profissionais, mas o importante mesmo é não desistir. Sempre façam aquilo que vocês gostam muito e não se imaginam fazendo outra coisa além disso. Junte seus talentos, busquem mais conhecimentos acerca e melhorem essas habilidades. O que importa é ser sempre quem você é.

Olhem… Se vocês trabalharem e fizerem aquilo que vocês amam, vocês irão ser maravilhosos profissionais e jamais irão se frustar com a vida. Vocês irão aprender a trabalhar com amor, vocês irão se dedicar e são capazes até de irem mais além do que imaginavam ser.

Nunca deixem de ser quem vocês são, e sejam sempre tudo aquilo que vocês querem ser. Não desistam dos seus sonhos por nada e nem por ninguém.

A minha psicóloga me recomendou fazer o que eu gosto, foi ai que eu resolvi me jogar de cabeça novamente aqui no blog, porque eu simplesmente amo escrever e passar algo pra vocês e eu tenho conseguido e muito.

O que vocês querem ser?

 

Anúncios
Publicado em Comportamento, Desabafos, Música

Saudades do tempo…

large-6

“Dos velhos momentos, dos anos passados que foram com o vento. Sorrisos, lembranças, belos sentimentos de transformações e de renascimentos.”

Há um tempo atrás, eu estava escutando umas músicas aleatórias no youtube, até que eu conheci uma música chamada: Saudades do tempo, do grupo Maneva e desde então sempre que eu ouço essa música me vem uma nostalgia inexplicável, até pelo fato da letra da música ser maravilhosamente linda e passa uma mensagem inexplicável. Mas hoje quando eu ouvi essa música, eu senti uma inspiração absurda pra poder escrever algo…

Eu sou uma pessoa muito nostálgica e se der asas ao meu pensamento, eu vou lembrar de coisas bem antigas e de épocas maravilhosas na minha vida. Na verdade, esta música me lembra momentos maravilhosos da minha vida e também me lembra de momentos que eu imaginei viver mas eu nunca vivi.

Quanto mais velho a gente vai ficando, mais nostálgico a gente fica, porque a gente percebe e sente que o tempo tá passando. Que você já não é mais tão jovem quanto pensa. Muitas vezes eu fico me questionando o quanto eu não aproveitei a minha vida, sentada na frente de um computador, eu não tive muitas aventuras quando adolescente, mas desde que entrei realmente na fase adulta, eu venho tendo muitas. Me sinto adolescente, coisa que eu nem mais sou.

Mas não posso reclamar da minha adolescência, ela foi maravilhosa de um jeito tosco, mas foi uma fase maravilhosa da minha vida. E era uma fase que eu achei que nunca iria passar, mas veja só… Passou e mês que vem eu completo 22 anos.

O tempo ultimamente tem passado muito rápido, me dei conta disso também quando eu fui na formatura do ensino fundamental I da minha prima, nossa há 10 anos atrás era eu saindo do fundamental I e indo pro II e agora é a minha prima que nem sonhava em nascer.

Me bateu uma coisa no coração que eu sinceramente fiquei emocionada e engoli o choro, porque naquele exato momento eu me dei conta do quanto eu tinha crescido, de tantas coisas que eu tinha passado depois dali. Me deu uma saudade do pessoal da escolinha, daquela época e da felicidade de estar indo pro 6° ano, que nossa… O tempo passou, e passou sem eu “sentir”.

Atualmente eu tenho 21 anos, estou escrevendo aqui, eu criei aqui, eu tinha uns 16 pra 17 anos, o Just M maybe tem anos, e eu até hoje não acredito no tanto de leitoras que tem aqui, a quantidade absurda de e-mails que eu recebo com pedidos de ajuda, conselhos e luz na vida. A página tem mais 300 curtidas, o site já tem quase 500 mil visualizações no total e olha eu aqui…

Eu criei esse site querendo expressar sentimentos meus para as pessoas e eu continuo passando. O blog pode não ser famoso, mas eu já ajudei muita gente que nossa… Conheci pessoas maravilhosas, mas eu sou muito feliz escrevendo aqui. Eu era feliz até quando tinha 15 curtidas na page e nenhum comentário.

Eu amadureci tanto de todo aquele tempo que criei o site pra cá, até no quesito escrita e vocabulário. No quesito aparência, personalidade, no quesito tudo

Gente, o tempo tá passando rapidamente. Talvez seja por causa da volta de Cristo, isto é bíblico. Não estou aqui pra pregar nada pra ninguém, apenas comentei mesmo. Mas nossa, eu vou fazer 22 anos mês que vem, estou prestes a concluir a faculdade, daqui a uns tempos talvez eu esteja falando que irei casar, ou que estou grávida e compartilhando tudo com vocês. Eu não sei o que será noticia nos próximos anos.

Ignorei a vida adulta por bastante tempo, porque eu acreditava que não era legal, mas eu descobri mil maravilhosas sobre ser adulta, mas não deixo de sentir saudades de vários tempos da minha vida. Mas cheguei a conclusão que não adianta eu ficar lamentando e sentindo saudades do tempo, eu tenho que curtir e aproveitar este meu tempo, porque daqui há alguns anos eu vou sentir saudades desse tempo.

A gente tem é que ser feliz, viajar, curtir, aproveitar, namorar, amar, beijar, comer, e fazer tudo o que quisermos no nosso tempo, agora, hoje e amanhã. A gente pode sentir saudades, mas a gente pode fazer dias inesquecíveis atualmente. Como diz um trecho da música maravilhosa de forfun “Tudo, vai virar passado no futuro”. Comecei com maneva e terminei com forfun. Mas aproveitem muito a vida de vocês, todos os dias, sem ter medo, sem pensar no passado. Guarde as lembranças boas e faça novas lembranças na vida de vocês.

Vale muitíssimo a pena ouvir a música, caso não conheçam =)