Publicado em Desabafos

Olhando o que não deve

flower

Curiosidade matou o gato, mas a minha curiosidade me fez perder o sono e me culpar volta e meia. Tudo bem, não existe motivo nenhum para que eu me sinta culpada por nada, mas eu não consigo tirar aquelas imagens da minha cabeça e passei a tomar as suas dores de uma maneira que eu não deveria ter tomado.

Mania minha de ser curiosa, fui fazer uma besteira universal. Fui atrás de seu passo, encontrei através do facebook o perfil da garota que te traumatizou um dia. Achei que só isso seria o bastante, mas eu quis ir além e achei o que não devia. Achei fotos da época em que estavam juntos ( lindo o seu sorriso ) enquanto ao dela nem tanto. Não sei se ela não gosta de sorrir, mas eu vi alegria em seus olhos, você a amava muito e eu sei disso. Não era o bastante, sério que você levou seus pais lá naquele interior desconhecido para conhece-la? Nossa, preciso conhecer seus pais.

Não consigo mais tirar aquelas imagens da minha cabeça e nem a cara da garota que um dia te deixou destruído e traumatizado. Volta e meia, eu lembro-me da sua foto ao lado dela, nossa, você estava tão feliz. Na verdade, foi como você me disse, era muito feliz ao lado dela, até descobrir que havia sido traído.

Eu não deveria me importar com o seu passado ou querer saber quem era a garota que você tanto amou. Eu deveria focar no nosso presente e lembrar que agora estamos juntos. Mas eu fui curiosa olhei o que não devia e agora a foto de vocês dois não sai da minha mente. Pra que diabos eu fui olhar aquilo?

Mas eu aprendi, que é melhor aproveitar o futuro do que remexer no passado. Vasculhar o passado não é legal, principalmente quando é sobre algo que de certa forma não te diz respeito. Eu não deveria ter olhado, eu deveria continuar na curiosidade. Mas de certa forma eu lavei a minha alma, ao ver que ela não era uma Megan Fox da vida…

Anúncios

6 comentários em “Olhando o que não deve

  1. Curiosidade matou mais q o gato. Matou a esperança de uma paixão.
    Sei cm éh olhar e ñ acreditar, mas cm vc disse: “Mas de certa forma eu lavei a minha alma, ao ver que ela não era uma Megan Fox da vida…”

    1. O que mais me dói é que eu não consigo tirar as fotos deles na minha mente, eu o vi feliz… Eu nunca o vi assim ao meu lado e isso me dói muito. Eu não também não consigo tirar o rosto dela… Obrigado pelo comentários, sim, eu realmente me senti de alma levada neste sentido kkkk 😉

  2. Mila. E se eu te contar que faço isso mais vezes do que deveria? E que fico remoendo essas coisas? Graças a Deus de um tempo pra cá to conseguindo controlar muito mais essa curiosidade. Até pq não me rende nada de proveitoso. Mas sei muito bem qual é a sensação. ;~

    Beijos

    1. Eu fico dando nervoso as vezes, me lembro da guria, o olhar dela de traiçoeira e por ai vai. Pior que eu fiz isso antes de dormir, pense ai na minha consciência? Tudo bem é desnecessário, mas ninguém manda no instinto curioso… Obrigado pelo comentário.

      Beijo !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s