Publicado em Comportamento, Crônicas

Meu eu insuportável

tumblr_mdzvgwAUaR1rkcfseo1_500_largeQuando uma pessoa tem um certo tipo de pensamento diferente da maioria, ela se torna esquisita e insuportável. Pior ainda é quando uma pessoa não consegue ficar engasgada com nada e fica pensando, não me importo com o que vão achar, eu digo o que penso e acabou. Você de certa forma cria inimigos com facilidade, pessoas que gostavam de você, passam a apenas te aturar por educação.

Não tenho paciência para as pessoas que amam caladas e sofrem por isto. Não tenho paciência pra quando relacionamentos chegam ao fim, um ainda continua amando e sofrendo por ficar com aquilo engasgado. Não tenho paciência nenhuma para as pessoas que simplesmente amam e não tomam uma atitude para ser reciproco.

Eu posso estar com uma pessoa e amá-la sim. Posso querer que a gente fique junto pra sempre, posso amar a companhia e o bem que essa pessoa me faz. Posso jamais querer que ela se distancie de mim e até lutar por isso. Mas eu sei muito bem que nada é pra sempre, e o que eu posso dizer hoje que é meu, amanhã  pode não ser mais. A pessoa que diz que me ama hoje, amanhã pode amar outra. E o que eu tenho que fazer? Eu tenho que me desapegar apenas.

De certa forma eu aceito o fim, eu consigo deixar de amar as pessoas me apegando a algum livro. Ás vezes a história de um personagem fictício e os problemas deles, parecem ser mais legal do que saber que seu coração por dentro está partido.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s