Publicado em Comportamento, Crônicas

Encarando você

“Doeu, mas eu precisava falar com você e dizer tudo o que eu estava sentindo. Mas agora não dói mais, eu cumpri a minha missão e você a sua. A pior parte de tudo isto, foi ter que te dar adeus e perder a sua amizade, a amizade que as vezes me fazia bem e também mal. Mas na verdade, o que mais dói, é perder você.”

Eu tive que olhar no fundo dos teus olhos, percebi que você estava vermelho e sem reação. Eu tentei ser calma o tempo inteiro, mas consegui explodir. Mas aquilo me fez bem, porque eu falei tudo, o que eu sentia desde a primeira vez que eu te vi até não sei quando eu irei deixar de amar. Eu realmente contei tudo o que eu sentia, eu vi uma lágrima descer dos teus olhos e você apenas disse, me desculpa não era a minha intenção. Era tudo o que você conseguia dizer, mesmo negando, eu ainda te amo e muito.

Vai continuar doendo pra sempre em mim e em você também. Eu sei agora que você está com ela, estão muito felizes e você continua lerdo por ela. Vocês são lindos juntos, mas se a sua intenção não era me magoar, porque me beijou e ficou de “romance” comigo durante estes 3 dias? Você precisava de alguém, pois se sentia sozinho, pois ela não estava te dando tanta atenção assim. Nossa como eu fico idiota quando me apaixono por alguém.

Eu poderia desejar tudo de ruim para você, que você tivesse um péssimo relacionamento, mas eu não consigo. Continuo desejando a sua felicidade e a dela também. Continuo querendo que você fique bem, mas não desejo mais ser sua amiga. Pois isso iria fazer muito mal para a mim e em memória de tudo o que ficou entre nós, é melhor nos afastarmos. Até eu aprender que você nunca foi meu e que nunca vai haver um nós entre nós.

Eu vou te olhar, todas as vezes que você passar pelo pátio, nas aulas de educação física,na biblioteca e até nas redes sociais. Vou fazer você de meu maior obstáculo, que é te esquecer como um futuro amoroso e te encarar como apenas um amigo. E quando eu aprender que o que vai haver entre nós será apenas amizade, a gente escreve um era uma vez, mas um era uma vez dois amigos, que morreram amigos para sempre.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s