Publicado em Crônicas, Textos

Diferente para sempre

“No inicio eu não conseguia me conformar do jeito que eu era. Meu cabelo, minha pele, meu jeito estranho, modo de andar, pensar, sorrir, meus olhos e tudo me deixava mais diferente de todos. Eu achei que seria passageiro, mas não foi. Com o passar do tempo eu percebi que eu era mais estranha ainda e fui me estranhando.”

Ser diferente não é normal e sim ser diferente. Se você é diferente você não é normal.  Mas eu não gostava de ser diferente, eu sempre via as qualidades das pessoas acima das minhas e me achava um verdadeiro NADA. Mas eu evolui, graças a Deus. Sempre fui observadora. Quanto mais eu conheço as pessoas, mais eu as observo e procuro ver os seus detalhes. Nestes detalhes, vejo a qualidade das pessoas e me pergunto: Porque eu também não sou assim? Pura falta de amor próprio.

Hoje, eu me sinto idiota, por um dia ter desejado ser igual as pessoas. Sim, ainda me traumatizo por ser diferente e ser separada em alguns lugares pelos meus estereótipos. Eu não considero preconceito quando sou separada em determinado grupo por algo meu que seja diferente dos da maioria. Me sinto encaixada no grupo das pessoas que talvez sejam iguais a mim. Mas ninguém é igual a ninguém, podem pensar da mesma forma, mas em algo há discordâncias.

Agora, eu me olho no espelho e me vejo bonita e não uma pessoa feia com a cara toda manchada de espinhas. Não enxergo mais meu cabelo como o pior do mundo, pois conheci o relaxamento. Não tenho mais vergonha de usar óculos e meu aparelho? Não me incomoda mais. Meu nariz? Qual um dia eu quis operar? Aprendi a aceitá-lo assim mesmo. Mas a maior lição que eu aprendi, foi a me amar e eu aprendi isto comigo.

Graças ao tempo, aprendi a aceitar as minhas diferenças e me sentir especial em todas as formas. Não me sinto mais esquisita, uma aberração, maluca, desnorteada ou retardada. Me sinto mais feliz, cheia de vida e auto-estima pra dar e vender. Aprendi a me aceitar, amar a mim mesma independente dos meus defeitos.

“Eu serei diferente para sempre, pois não haverá nenhum ser humano igual a mim e eu não quero ser igual a outro ser humano.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s